segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Eu queria

Eu admiro as ruas por onde ando...
Admiro as árvores que balançam com o vento...
Admiro animais, flores e insetos...
Admiro a natureza como ela é...
Mas gostaria que tudo fosse como antes...
Quando as árvores eram árvores...
Os animais eram animais...
Flores eram flores...
Os insetos eram apenas insetos...

domingo, 2 de agosto de 2015

Quem te disse ?


Ei, não fique triste não !
Tudo vem na hora certa.
Eu sei que você a queria aqui.
Eu sei que você queria já estar lá
Eu sei tudo isso !
Eu sei que parece um esforço em vão 
Eu sei que parece que não sai do lugar
Eu sei que é difícil
E ela também sabe !
E quem te disse que tudo seria fácil ? 

sábado, 1 de agosto de 2015

Esperança



Com o seu olhar
Enxergo castelos
Imagino mistérios
E enquanto a brisa esfria
Eu desenho seu rosto na areia
Peço que o seu leve caminhar
Me leve para junto de ti
Quero escutar uma nova música
Outra voz
Mudar a direção
Recomeçar
Sonhar
Lutar
Perguntar
Onde está você ?
Eu te quero aqui
Junto de mim

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Um outro caminho

Hoje você me abandonou...
Me lançou ao espaço...
Eu estava nu...
Desprotegido...
Você mudou o seu caminho...
Não me disse adeus...
Agora eu espero por palavras...
Que venham gritos e ofensas...
Mas não me deixe no silêncio...
No seu passado...
No esquecimento...

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Foi tudo tão de repente



E tudo começou assim de repente...
Como as melhores coisas da vida...
Nunca imaginei encontrar cores tão raras em meu jardim...
Nunca imaginei enxergar flores no céu colorido...
Hoje me sinto como a água fresca...
Livre, leve e que acalma a sede...
A pureza de seu olhar me ilumina na selva escura...
O seu palavrear me desvenda caminhos...
A sua ira não passa de uma simples ventania...
Vem e bagunça tudo...
Todos os móveis da sala...
Todos os quadros na parede...
Todas as portas...
E isso me traz a paz...
As cores...
As flores...
As dores...
Curadas com seu sorriso...
E aquele menino...
Agora se sente amado...
Pela mulher mais fascinante...
Mais preciosa que um diamante...
Que aparece sem pretensão...
Arrebatando meu coração...
Me ensinando a palavra perdão...
Hoje fecho os olhos sem medo...
Não tenho mais segredos...
Ela chegou perdoando meus erros...
Elogiando meus acertos...
Me explicando seus pesadelos...
E eu te puxando pelos cabelos...
Me entregando por inteiro...
E minhas rimas muitas vezes erradas...
São para tentar prestigiar minha amada...
E hoje com nossas vidas compartilhadas 
Te convoco para continuarmos a nossa caminhada...
A única mulher por mim desejada...




terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

A esperança


Quando apenas pedras e dores estão em seu caminho...
A intuição é o seu tesouro...
Nada é mais importante do que o amor...
Os espinhos deixam marcas...
Pois só quem já perdeu, conhece o verdadeiro valor da vitoria...
O gosto doce do dever cumprido...
Os cumprimentos dos seres prestigiados...
O amor contagiante...
A esperança...
O choro libertador...
O clamor coletivo...
São sensações especiais resultantes da paixão...
Da união...
Da amizade...
De um só coração...
O sangue acrescido do suor originam a solução !

domingo, 5 de janeiro de 2014

Último suspiro


O tremor de minhas pernas ainda me preocupa...
O ritmo acelerado do sangue jorrado pelo peito ainda me assusta...
O terror do desconhecido se conformou com seu destino...
A tristeza não encontrou repouso no meu corpo castigado...
Minhas mãos clamavam por ajuda...
Minhas lágrimas limparam meu peito de uma forma salvadora...
Mas meu último suspiro foi o sinal esperado...
Lembrei de todos os ensinamentos de meu pai...
Lembrei do sorriso de minha mãe...
Lembrei de mim...
Despertei toda a minha força adormecida...
Voltei a andar...
Tudo parecia tão devagar !!
Hoje nem o céu nublado, nem a tempestade...
Nem o raio ou o trovão...
Nem mesmo a fúria de um vulcão abala minha preciosa paz...
Eu sorrio para as crianças na praia...
Eu conto estórias para meu cão...
Brinco com meu violão...
Escrevo estórias...
E canto canções...
Sigo andando para um outro lugar...
E ainda me lembro de você...